Sexta-feira, 20 de Julho de 2018

Brasil
Publicada em 21/05/18 às 09:32h
SÃO GOTARDO: Padrasto de 38 anos é acusado de violentar enteada de apenas 9 anos em São Gotardo

Mundial Web


 (Foto: Mundial Web)

A Polícia Militar prendeu um homem de 38 anos nessa sexta-feira (18) acusado de violentar sexualmente uma garotinha de apenas 9 anos. Manoel Pereira da Conceição levou a menina para seu quarto à força, retirou as roupas dela e tentou estuprá-la. Não houve penetração, mas um exame médico constatou vermelhidão, edema e corrimento na vagina da criança.

O crime aconteceu por volta das 7h00, no Bairro Saturnino Pereira, em São Gotardo. De acordo com a ocorrência policial, as conselheiras tutelares tomaram conhecimento do crime e encaminharam a garota para o Pronto Socorro Municipal. A garota relatou que, após a mãe sair para o trabalho, Manoel a pegou à força e a levou para a cama no quarto dele.

Ele tirou as roupas da criança e tentou a penetração. No entanto, o irmão de 7 anos acordou e foi até o quarto presenciando o abuso sexual. A garotinha relatou que sempre que a mãe saía para o trabalho, Manoel aproveitava para lhe abusar. E em todas as vezes lhe coagia para que não contasse, principalmente para a mãe dela.

Conforme o relato da criança, os abusos aconteciam há vários meses. Ela contou com riquezas de detalhe como o padrasto agia para violentá-la. O médico ginecologista fez um exame e constatou que havia vermelhidão e edema na região vestibular da vulva, com presença de corrimento vaginal claro. Não houve rompimento do hímen.

A menina disse que já havia falado sobre os abusos com a mãe e que ela não havia tomado providências. Os policiais foram até a residência da criança e encontraram a mãe dela de 37 anos. A mulher relatou que a filha nunca havia falado sobre os abusos, ressaltando que duas ocorrências já haviam sido registradas contra o companheiro por dano e ameaça.

Manoel foi localizado e preso pelos policiais. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas onde foi autuado pelo delegado de plantão por estupro de vulnerável. A mãe dela também foi presa. As conselheiras encaminharam a criança para o Hospital Regional para exames mais detalhados.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

No Ar
Lembra Dessa com Fernando Medeiros
Ouça a Rádio Brasil Sertão


Copyright (c) 2018 - Mundial Web - Todos os direitos reservados